Morfar


“GO, GO, POWER RANGERS! É HORA DE MORFAR!!” Ok…só um minuto…antes de enfrentarmos estes monstros…o que significa “morfar”?

MORFAR: em espanhol, “morfar” significa comer, vocábulo advindo do argot francês, “morfer”. Em português – lá em Portugal, entende-se “morfar” por ficar sem se alimentar e/ou passar fome. Já na Suíça “morfar” é sinônimo de “farfar”, ou seja, “avô”, mais especificamente “avô materno”.

Porém, aqui no Brasil, tal palavra se popularizou como uma gíria associada ao vocábulo japonês “ 変質”, ou seja, “henshin”, que na língua portuguesa designa“transformação”,“mudança”… Acho que você já entendeu onde estamos querendo chegar, não é mesmo?!

Mas, você deve estar se perguntando: porque “morfar” em vez de “transformar”?

A resposta para esta questão está no traslado! Na ponte aérea que a expressão “henshin” fez! Isso porque a conexão não foi “Japão-Brasil”, mas sim, “Japão-EUA-Brasil”. E agora não estamos falando só do termo, não! Mas sim de uma gigante, de uma “megazórdica” franquia televisionada infanto-juvenil – uma das mais populares da década de 1990: Power Rangers!

“Mighty Morphin Power Rangers” é uma adaptação americana da franquia japonesa “Super Sentai” que “emprestou” aos Power Rangers não só uniformes e “monstrengos” para enfrentar, mas também seu poder de “morph”, redução de “metamorphosis” no idioma inglês que, em português, significa “metamorfose”.

A metamorfose popularizou-se como um super-poder entre os personagens heróicos no Japão graças à Ishinomori, criador do primeiro herói “henshin”, o “Kamen Rider”. Adivinha o que este personagem dizia ao se transformar? Isso mesmo, “HENSHIN!”!

Diante do sucesso de “Kamen Rider”, não demorou muito para que este ganhasse companhia para suas batalhas; e foi assim que surgiu a equipe de super-heróis “henshin”, “Super Sentai” e, sucessivamente, os Power Rangers.

Bem, agora que já entendemos o que está acontecendo por aqui, vamos para a luta?!

“GO, GO, POWER RANGERS! É HORA DE MORFAR!!”
.
.
.
.
#prismaespacogeek #prismapf #educacao #cultura #tecnologia #fiqueemcasa


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *