Lançamento Samurai X – A Origem

Hoje, dia 30 de Julho, lança na Netflix o novo filme da Saga “Samurai X”, chamado de “Samurai X: A Origem”. O filme é o 5° e (provavelmente) último da bem sucedida “pentalogia” live action, de uma das histórias de maior sucesso dos mangás e animes, distribuída no Brasil pela Netflix.

Samurai X é um filme inspirado em um mangá, lançado em 1994 no Japão e publicado no Brasil em 2001 pela editora JBC com o título de “Rurouni Kenshin”. Escrito por Nobuhiro Watsuki e publicado na revista Shonen Jump, o mangá conta a história de Kenshin, um samurai conhecido como “o Retalhador”, um guerreiro que participou do fim do japão feudal, situação do país há séculos. Após a guerra, misteriosamente Kenshin proibiu a si mesmo de matar e tornou-se um andarilho, portando uma espada com a lâmina invertida.

Samurai X também foi adaptado para anime, possuindo 95 episódios divididos em 3 sagas. É importante ressaltar que os episódios 63 a 95 não são baseados no mangá original, sendo histórias completamente novas criadas pelo estúdio. Duas levas de OVAS (episódios especiais) vieram anos depois contando o início e o final da jornada de Kenshin, e recentemente o autor está publicando um novo arco no mangá, chamado de Arco de Hokkaido.

A série de filmes lançados pela netflix tem no total 3 filmes, contando o início e o fim da jornada de Kenshin. O 4° filme traz o arco inédito de Enishi, o derradeiro vilão que faz parte do passado do Retalhador e este  5º filme contará a origem, sendo uma “prequel” das primeiras histórias. O filme vai mostrar o início da jornada do Kenshin Himura, antes de ele se tornar o famoso “Retalhador”, qual o motivo principal que o levou a deixar sua vida profana de lado e como ele conseguiu a famosa cicatriz em forma de X no rosto.

E você, é fã de animes e mangás com heróis misteriosos e justiceiros também? Conte pra gente nos comentários!

.

.

.

#prismaespaçogeek #prisma #pmpf #cultura #tecnologia #educação


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *