Dia Internacional do Aperto de Mão

Hoje, 21 de junho, comemoramos mais um Dia Internacional do Aperto de Mão! Diz-se que esse dia foi criado por Ivan Župa, que queria que as pessoas parassem um momento para se conectarem com toda a humanidade.

Conta-se que tudo começou quando Ivan, poeta que cresceu na Croácia, ouviu a seguinte frase de um idoso: “Meu filho, coloque a mão no mar e você estará unido com o mundo inteiro”.

Assim, seja colocando a mão na água, seja cumprimentando um amigo ou colega, ou mandando uma carta para alguém distante através do site oficial da comemoração, o importante é perceber e celebrar os laços que nos unem como seres humanos.

E que tal, para fazermos isso, conhecermos um pouco mais sobre como as pessoas se cumprimentam em diferentes lugares?

Mesmo aqui no Brasil, há diversas formas de cumprimentar os outros. Alguns preferem apertar a mão, outros abraçar ou beijar, outros ainda só dizer “oi”. 

Já na Nova Zelândia, na cultura Maori, é comum encostar as testas e os narizes, em um cumprimento chamado hongi.

No Tibete, as pessoas mostram a língua! Essa é uma maneira de demonstrar que você não tem más intenções. Isso porque, muito tempo atrás, havia um rei – Lang Darma – que era conhecido por sua crueldade. Dizia-se que ele tinha uma língua preta, e assim começou o hábito de mostrar a língua para provar que não eram como esse rei.

Em Tuvalu, na Polinésia, o cumprimento tradicional é chamado sogi. Nele, duas pessoas encostam as bochechas e respiram fundo, cheirando um ao outro.

Em Zimbábue e Moçambique, o costume é bater palmas para saudar um conhecido.

E aí, Aventureiro? Qual jeito de cumprimentar você curtiu?

.

.

.

#prismaespacogeek #prisma #pmpf #cultura #tecnologia #educação


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.